Home / Notícia / Nicole Sifrit perdeu sua bebê recém-nascida devido a uma infecção pelo vírus herpes simples.

Nicole Sifrit perdeu sua bebê recém-nascida devido a uma infecção pelo vírus herpes simples.

Nicole Sifrit perdeu sua bebê recém-nascida devido a uma infecção pelo vírus herpes simples, leia esse caso e entenda o por que dessa situação.

A mãe norte americana fez um apelo nas redes sociais depois que sua pequena Mariana, de 18 dias de vida, entrou em óbito devido a uma infecção causada pelo vírus Herpes simples. Os médicos informarão a mãe, que a menina contraiu a doença através de um beijo.

A pequena Mariana nasceu na primeira semana de julho, Nicole percebeu que havia algo errado com a sua bebê uma semana depois, no dia em que decidiram celebrar seu casamento. Marina estava fraquinha que mal tinha forças pra mamar, os pais preocupados, abandonaram a cerimônia e levaram imediatamente sua filha ao hospital onde descobriram que o caso era muito mais grave que todos poderiam imaginar.

O diagnóstico mostrou que Mariana estava com um infecção por herpes simples 1. Os pais fizeram testes no hospital que deram negativos para presença do vírus. Os médicos concluíram que a bebê foi infectada ao receber um beijo ou ser carregada por alguém com a doença. Nicole e Shane que já são pais de 3 crianças, começaram a compartilhar a luta de sua filha mariana nas redes sociais.

Dia 18 de julho, o casal deu à triste noticia da morte de sua pequena. “Sempre soube que essas coisas aconteciam, mas nunca imaginei que seria comigo. Não estava preparada”, disse Nicole. “Não deixe as pessoas beijarem seu bebê e tenha certeza de que eles vão pedir permissão antes de pegá-lo”. Compartilhando a história de Mariana, A mãe tem a esperança de salvar outras vidas.

NICOLE SIFRIT PERDEU SUA BEBÊ
Nicole Sifrit perdeu sua bebê recém-nascida

Nicole Sifrit perdeu sua bebê recém-nascida devido a uma infecção

Regina Matielo, pediatra do Hosppital Sapeco, diz que a infecção por herpes em recém-nascidos, pode ser rara, mas não impossível, porém é muito grave e existem três tipos de transmissão. “A forma mais incomum é quando a mulher gestante passa o vírus através da placenta para o feto. Isso corresponde a aproximadamente 5% das infecções por herpes em bebês e pode causar má formações, como microcefalia e anencefalia, e abortamento. Em cerca de 85% dos casos o contágio ocorre quando o bebê está passando pelo canal de parto e a mãe possui o vírus. Por fim, 10% das situações ocorre em recém-nascido em contato com o ambiente externo” afirma.

A pediatra alerta que no primeiro mês é bom evitar beijar o bebê, não só por causa do vírus que foi encontrado na recém-nascia, mas uma serie de outros que pode ser transmitidos facilmente ao bebê dessa forma. As mãos devem ser muito bem higienizadas antes de carregar o bebê. “Para transmitir o vírus do herpes simples a pessoa geralmente está com alguma feridinha nos lábios e ou beija o bebê, ou coloca a mão na boca sem perceber e depois toca na criança. O maior risco é no primeiro mês, mas vale ressaltar que a imunidade só fica realmente fortalecida por volta dos dois ou três anos”, diz

Quando você evita que alguém beije um bebê não é frescura, mas uma forma de proteção.

Curta Nossa Fan Page

Check Also

CIRCUNCIDADO

Mãe acusa ex-marido, ex-sogra e médico de terem circuncidado seu filho sem permissão

Mãe acusa ex-marido, ex-sogra e médico de terem circuncidado seu filho sem permissão esse caso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *