Home / Gravidez / Grávida decide seguir com a gestação mesmo sabendo que a bebê não sobreviverá

Grávida decide seguir com a gestação mesmo sabendo que a bebê não sobreviverá

Quando temos um bebê em nosso ventre e recebemos uma noticia dessa : Grávida decide seguir com a gestação mesmo sabendo que a bebê não sobreviverá.

Tudo para poder doar os órgãos da filha e salvar a vida de outras crianças.

A britânica Hayley Martin é mãe de três crianças e está grávida de 20 semanas da quarta: uma menina. Durante um exame de rotina, Hayley recebeu uma notícia do tipo que ninguém deseja ouvir. A bebê que ela carrega sofre de uma desordem genética e não tem chances de sobreviver após o parto. Mesmo assim, Hayley não quis interromper a gravidez, pela possibilidade de doar os órgãos a outras crianças.

Grávida decide seguir com a gestação mesmo sabendo que a bebê não sobreviverá

GRÁVIDA
Grávida decide seguir com a gestação

Ava-Joy, como a bebê foi batizada, tem agenesia renal bilateral, ou seja, não tem nenhum dos dois rins. Apesar disso, Hayley tem os sintomas de uma gravidez normal, sente a bebê se mexer… A decisão de seguir adiante com a gestação para poder ajudar outras crianças, mesmo sabendo que não poderá levar a filha para casa no fim das contas, foi uma forma de aliviar a dor. “Só de passar por mulheres grávidas na rua ou ver bebês no supermercado, fico com os olhos cheios de lágrimas. Mas estou determinada a criar algo positivo dessa experiência agonizante”, declarou Hayley ao Metro UK. “Eu também sei que haverá bebês lá fora, que poderiam ter uma chance de vida com os órgãos saudáveis ​​de Ava. Por que dois bebês morrerão se um deles puder ser salvo?”, completou.

No Brasil, metade das famílias ainda recusa a doação de órgãos. Em 2016, entre as 5.939 famílias consultadas, 2.571, ou seja, 43%, não deram a autorização para que os orgãos do parente que pereceu fossem doados. Resultado: 2.013 pessoas que esperavam por um órgão morreram, entre elas, 82 crianças.

Curta Nossa Fan Page

Check Also

Após usar rede social para reclamar de atendimento médico, grávida morre ao dar à luz

Após usar rede social para reclamar de atendimento médico, grávida morre ao dar à luz, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *